A volta ao mundo em 80 posts: Japão


 

Foto: Castelo em Himeji

Uma nação que consegue equilibrar seu crescente avanço tecnológico à preservação de suas tradições. Assim é o Japão, que contrasta harmoniosamente a beleza de seu passado ao desenvolvimento intenso que o conduz a um futuro cada vez mais rico. O território japonês conserva templos antigos que chegam a ter de 1.000 a 2.000 anos e, como se não bastasse guardar tanta história, os japoneses ainda praticam rituais religiosos ali e não permitem que tanta beleza alcance a ruína. Prova do cuidado que o Japão tem com seus patrimônios é o fato de que, no país, há quatorze locais declarados pela Unesco como Patrimônios da Humanidade. O Castelo de Himeji é um deles. O complexo palaciano com 82 edifícios de madeira é atualmente o mais visitado do país.

O Japão é, na verdade, um arquipélago que conta com mais de 3 mil ilhas dispersas em torno de outras quatros: Hokkaido, Honshu, Shikoku e Kyushu e dispõe de estações do ano bem definidas. No inverno, por exemplo, é possível admirar a beleza da neve, enquanto na primavera, a atração principal fica por conta das cerejeiras em flor.

Segundo a Organização Mundial de Turismo, calcula-se que em 2008 o Japão tenha aberto as portas para cerca de 8,3 milhões de visitantes estrangeiros e é provável que eles tenham sido muito bem recebidos. Claro! O povo japonês é extremamente receptivo. Se você precisar de alguma informação, por exemplo, os japoneses, que em sua maioria falam inglês, não vão te ignorar. E é por isso mesmo que você também não pode abrir mão das regras de etiqueta do país. Para não dar vexame, não se esqueça do cumprimento abaixando a coluna na posição diagonal. Se estiver diante de uma pessoa idosa, só erga o corpo novamente após ela se reerguer.

É muito comum a troca de cartões de visita. Entregar o seu a um japonês fará com que o indivíduo lhe atribua um bom crédito.

A rota Brasil-Japão é muito longa. Você deverá passar aproximadamente 24 horas em pleno vôo, por isso, tome bastante líquido, use roupas leves e caminhe pelos corredores do avião e já acerte seu relógio de acordo com o horário de Tóquio para se acostumar aos problemas de fuso horário o quanto antes.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s