Uma nova San Francisco com museu de ciências


Para quem já conhece San Francisco, uma novidade lançada na cidade promete trazer o turista de volta. Já para quem ainda não teve a oportunidade, garanto que o que iremos expor a seguir, será mais um atrativo que a cidade dispõe para atrair seus visitantes.

Uma coleção de museus, como o SFMoMa (www.sfmoma.org), o Jewish (www.thecjm.org), o California Academy of Sciencies (www.calacademy.org) e o Walt Disney Family (www.waltdisney.org) espelha multiculturalismo. Mas é na área dos píeres que a cidade engendra nova transformação.

Ali, cientistas e artistas trabalham para que, em 2013, o Exploratorium (www.exploratorium.edu), dinâmico museu de ciências, se mude para o píer 15, ocupando ainda, com equipamento multifuncional, o armazém ao lado, no píer 17. Galerias estão sendo criadas desde 2004 e, quando o Exploratorium se mudar, terá observatório celeste e monitoramento da água da baía. Segundo urbanistas, após o terremoto de 1989, San Francisco está se movendo para o sul e para perto da da baía.

Assim, na área de Embarcardero, decadente nos anos 1960, a onda de regeneração urbana deve dotar “Frisco” de nova “sala de visitas.” Hoje, com projetos de diversos calibres em andamento, Embarcadero, que já tem píeres de entretenimento, faz as intervenções preocupada com a sustentabilidade. Até 1997, quando surgiram os contêineres, 15 píeres foram demolidos (e Oakland virou o porto regional).

Agora, um novo atracadouro para transatlânticos de passageiros será construído. E, para marcar a mudança, a região dos píeres será, segundo Monique Mayer, autoridade portuária de San Francisco, o cenário da chegada da regata internacional America’s Cup, em 2013.

Explorando San Francisco

Na entrada de uma baía, compacta e com 700 mil habitantes, San Francisco é, de fato, cosmopolita. Sacudida por terremotos e esquadrinhada por bondes, a metrópole tem redutos essencialmente turísticos, como o Pier 39, à beira-mar, e a praça Union, na parte alta da cidade, que reúne comércio e hotéis chiques.

Em Chinatown, bate o coração chinês. E, formada por hordas de imigrantes que para lá foram desde a Corrida do Ouro, San Francisco tem ainda bairros japonês e italiano e um centro financeiro no entorno do edifício TransAmerica Pyramid, de 48 andares, aberto em 1972.

Fonte: Folha

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s