Lugares para se praticar mergulho no Brasil


Mergulho em Fernando de Noronha (Fonte: Mundo Crux)

Mergulho em Fernando de Noronha (Fonte: Mundo Crux)

O turismo de aventura movimentou 1,2 milhão de turistas estrangeiros no Brasil só no ano passado. Segundo o Ministério do Turismo, a busca por aventura é o segundo principal motivo que trazem os estrangeiros ao país (21,3% do turismo) atrás apenas das praias (64,2% do mercado turístico do país).

Uma atividade que se encontra nos roteiros dos estrangeiros que buscam por aventura é o mergulho que pode ser realizado tanto em águas marinhas como em águas doces. Em qualquer um dos casos é necessário ao interessado realizar um curso de instrução e um mergulho experimental prático com acompanhamento de um profissional da área. Já para quem pretende mergulhar sozinho é necessário aulas teóricas e exercícios práticos em piscinas ou ambientes abertos.

Escolas não faltam no país. O mais indicado é procurar aquelas que oferecem certificação de entidades com reconhecimento internacional, como a Padi (em português, Associação Profissional dos Instrutores de Mergulho) ou a PDIC (em português, Corporação dos Instrutores Profissionais de Mergulho).

Confira alguns dos melhores lugares para se praticar mergulho no Brasil:

Abismo Anhumas (MS): caverna localizada a 23 km de Bonito. Só pode praticar este tipo de mergulho quem possui certificação para mergulhar com cilindro. Depois de descer 72 metros de rapel, chega-se a águas cristalinas, com 80 metros de profundidade.

Fernando de Noronha (PE): perto de Fernando de Noronha há 21 ilhas e ilhotas consideradas os melhores pontos para a prática de mergulho no Brasil. A visibilidade embaixo d’água chega a 50 metros em alguns pontos o que permite o mergulhador apreciar a grande variedade de espécies marinhas como golfinhos, peixes, corais e tartarugas-marinhas.

Guarapari (ES): fica no litoral sul do Espírito Santo. É conhecido como um dos trechos mais bonitos do litoral sudeste. O mergulhador tem a oportunidade de visitar naufrágios, como os do Beluccia e do Victory 8B, com a visibilidade podendo atingir 15 metros no verão.

Lagoa Misteriosa (MS): como o próprio nome já diz a profundidade deste lago é o que mais atrai os mergulhadores. Um mergulho exploratório já chegou a 220 metros de profundidade sem ao menos avistar o fundo da lagoa. O mergulho com cilindros permite a observação dos paredões rochosos, da vegetação subaquática e dos cardumes de peixes.

Naufrágio Rosalinda (BA): o naufrágio está localizado no Arquipélago dos Abrolhos, a 70 km da costa. Os mergulhadores podem observar o cargueiro italiano que naufragou em 1955. Seu casco está encoberto por belos corais-de-fogo. Para entrar no navio e conferir os sacos de cimento que continuam intactos mesmo a 20 metros de profundidade é preciso de certificação avançada.

Rio da Prata (MS): o mergulho nas águas cristalinas do Rio Prata pode ser realizado sozinho – e com certificação avançada – ou com condutor profissional. A grande variedade de peixes espalhada entre os seus oito metros de profundidade é a grande atração do rio.

Rio Formoso (MS): é possível ver de perto a formação calcária e os peixes da região. Sua profundidade é de 5,5 metros.

Fonte: Brasil Turismo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s